Liberdade. Representações na literatura dos séculos XX e XXI
/ Categorias: Notícias

Liberdade. Representações na literatura dos séculos XX e XXI

Decorreu no passado dia 4 de junho, no auditório do Museu da Chapelaria, a sessão "Liberdade. Representações na literatura dos séculos XX e XXI".

Esta sessão foi o resultado do desafio lançado pelo Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa para assinalar a devolução da obra "Biblioteca Internacional de Obras Célebres", cedida pela Biblioteca Municipal a este organismo para investigação no ano de 2011.

O desafio consistia na criação de uma antologia de obras internacionais dos séculos XX e XXI, selecionadas pelos alunos do ensino secundário de S. João da Madeira. O resultado foi apresentado ao público, incluindo ebooks com boletins bibliográficos, vídeos e textos produzidos pelos alunos.

Participaram neste projeto as turmas do 10.º A de Humanidades do Agrupamento de Escolas João da Silva Correia, do 11.º B de Ciências e Tecnologias do Agrupamento de Escolas Oliveira Júnior e do 11.º B de Artes Visuais do Agrupamento de Escolas Serafim Leite.

A sessão contou com a presença da Professora Alcinda Pinheiro de Sousa (Investigadora do Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa) e da Dra. Teresa Azevedo, em representação da Divisão da Educação da Câmara Municipal de S. João da Madeira.

Os trabalhos podem ser consultados aqui:
Agrupamento de Escolas João da Silva Correia (ebook)
Agrupamento de Escolas Oliveira Júnior (vídeo)
Agrupamento de Escolas Serafim Leite (vídeo) (ebook)

Agradecemos a todos os alunos e professores pelo empenho e dedicação no desenvolvimento deste projeto.

Sobre a Antologia  "Biblioteca Internacional de Obras Célebres":
A obra "Biblioteca Internacional de Obras Célebres", constituída por 24 volumes, tem como redatores principais Gabriel Victor do Monte Pereira, Manoel Cicero Peregrino da Silva, Marcelino Menedez y Pelayo, Ricardo Palma, Alois Brandl e outros.
Os colaboradores brasileiros são José Verissimo, Vicente de Carvalho, Artur Orlando, Reis Carvalho, Constancio Alves, Lindolfo Collor, João Ribeiro.
“A primeira edição da antologia, intitulada no original «The International library of Famous Literature», que se reveste de elevada importância histórico-cultural e bibliográfica, foi publicada em Londres em 1899. 
Esta edição datada de 1912, encontra-se disponível na Biblioteca Municipal de S. João da Madeira através de doação, em 1958, pelo Comendador José Raínho da Silva Carneiro. É o único exemplar referenciado nos catálogos de acesso público, fazendo dela um "objeto raro no contexto português.”
Trata-se de uma coleção das Produções Literárias mais célebres do mundo, na qual estão representados os autores mais afamados dos tempos antigos, medievais e modernos.
A Coleção da Sociedade Internacional, envolve Lisboa, Rio de Janeiro, São Paulo, Londres e Paris.
Carlos Drummond de Andrade, aos 10 anos teve a sorte de receber do pai esta obra, que o inspirou a fazer um poema muito conhecido "A BIBLIOTECA VERDE".

 

Imprimir
156 Classifica este artigo:
Sem classificação
Please login or register to post comments.